Afrojack

Afrojack

- in Djs, Recentes
18
0

Afrojack

DJ, produtor, premiado com um premio Grammy, Afrojack é um dos nomes mais respeitado da música electronica atual. Com apenas 26 anos, já provocou um profundo impacto na indústria da música, sendo um dos nomes fundamentais na explosão e popularidade mundial da EDM.

A partir da sua terra natal, em Spijkenisse, Nick van de Wall aka Afrojack, rapidamente começou a ganhar nome com uma série de impressionantes edições underground, até explodir na cena musical, em 2011, com «Take Over Control», o single que se tornou um sucesso mundial instantâneo e que chegou à marca da Platina, nos Estados Unidos. Daí, Afrojack aventurou-se no desenvolvimento da sua marca na produção global, através da sua editora, a “Wall Recordings” – uma plataforma que permitiu que outros artistas, igualmente apaixonados pela EDM, pudessem florescer. Ele também queria que a sua etiqueta carregasse o selo de “música de clube”, conceito pelo qual luta a cada edição com a sua assinatura.

2011 foi o cenário para mais um momento-chave na carreira de Afrojack, tornou-se o primeiro DJ com residência anual em Las Vegas, no lendário Wynn Hotel, uma residência que o levou a atuar, uma dúzia de vezes, num ano, nos clubes do Wynn, entre os quais o Encore Beach Club, Surrender, Tryst e XS.

AfrojackMas o sucesso iria continuar, além de manter a sua capacidade na criação de inesquecíveis hinos de clube, colaborou com artistas como David Guetta (com quem escreveu e produziu o esmagador hino, “Titanium”) e associou-se a alguns dos mais importantes artistas pop de todo o planeta, entre os quais Madonna ou Chris Brown. Ainda no mesmo ano, co-assinou e produziu “Give Me Everything”, para Pitbull e Ne?Yo – que, até hoje, em todo o mundo, já vendeu mais de 8 milhões de exemplares e atingiu o nº1 da tabela Billboard Hot 100. Isto já para não referir a produção de “Run The World (Girls)”, de Beyoncé, a sua remistura, nomeada para um Grammy, de “Collide”, de Leona Lewis, e “Rock The House”, a sua canção underground que, em 2011, chegou à liderança da tabela do Beatport, em apenas três dias. No mesmo ano, foi cabeça de cartaz do EDC (Electric Daisy Carnival), em Nova Iorque e Las Vegas, onde atuou perante mais de 300 mil pessoas, assim como do UMF (Ultra Music Festival), em Miami, do Tomorrowland (na Bélgica) e no Coachella (Los Angeles), datas que alinharam ao lado da colossal digressão “Jacked”, que o levou a mais de quatro dezenas de cidades, nos Estados Unidos.

O ano passado começou de forma monumental, quando Afrojack assinou um contrato mundial exclusivo com a Island Def Jam, Island UK e Universal Music Group, assinalando assim o reconhecimento e o apoio do seu talento por uma editora de renome global. O primeiro projeto dessa parceria foi “The Spark”, o single que incendiou a cena da EDM e da pop e que revelou uma nova sonoridade de Afrojack, enquanto artista. O ano continuou com mais um incrível momento para Afrojack: pela quarta edição consecutiva, foi cabeça de cartaz do Creamfields, do Ultra Music Festival e do Tomorrowworld, onde estreou o seu próprio palco «Jacked», o cenário para a exposição de artistas que alinham na sua Wall. Ainda encontrou tempo para gravar uma série de web-docs, intitulada «March of the Afrojack», que permitiu aos fãs vislumbrar a verdadeira pessoa por detrás da figura que responde por Afrojack. A série foi revelada na página oficial da revista Rolling Stone e mostrou Nick a partilhar muitos momentos privados e reflexões sobre as suas viagens na estrada, lado a lado com o seu mantra pessoal: “se eu consigo, tu também consegues”.

No final de 2013, Afrojack voltou a fazer História, ao tornar-se o primeiro DJ a tocar a campainha das atividades do mercado da bolsa de Nova Iorque, o NASDAQ, na mesma data em que arrancou a oferta pública da SFX, uma empresa de música electronica. Tudo isto, na mesma semana em que Afrojack cravou as suas mãos no cimento do Passeio da Fama de Hollywood, sendo, apenas, o segundo DJ a fazê-lo – o que só reforça a sua posição como ícone musical global.

Em 2014, além da edição do seu segundo single, “Ten Feet Tall”, e da nova residência em Las Vegas, no popular Hakkasan, Afrojack prepara o lançamento do seu álbum de estreia na Island Records. Na Primavera de 2014, regressa a Miami, como nome maior do alinhamento do Ultra Music Festival, onde promete dar aos seus fãs uma primeira amostra dos sabores que envolvem o seu aguardado álbum.

Dada a imensa popularidade de Afrojack e a sua influência na indústria musical, não será surpreendente que a maioria das grandes marcas anseiem em associá-lo aos seus produtos. Recentemente, Afrojack revelou uma colaboração com a conceituada marca “G-Star Raw”, que vai criar uma linha de roupa com design inspirado no DJ. Afrojack também foi sobejamente cobiçado pela Razer, uma das principais empresas de jogos, à qual se juntou como consultor para o desenvolvimento de projectos futuros. Além disso, em Janeiro, o mais recente single de Nick, “Ten Feet Tall”, estreou-se, como parte do novo anúncio publicitário da marca de cerveja Bud Light, durante a transmissão da Superbowl.

Afrojack tem vindo a construir uma assinatura global, sendo reconhecido pelas suas posturas influentes e pela forma como tem levado a mudança do mundo da música a uma realidade genuinamente inovadora. Está mais do que evidente, no seu crescimento exponencial, que nada o vai parar e, do alto dos seus 26 anos, uma coisa é clara: ele está, apenas, a começar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *